84 3212.2960

Projetos de arquitetura e interiores

Projetos de arquitetura e de interiores:

Arquitetura Hospitalar Projetos e Consultoria atua tanto no desenvolvimento de novos projetos de edifícios voltados para a atenção à saúde, como em reformas e ampliações de edificações existentes.

Em geral, o motor que desencadeia os projetos é a necessidade de os clientes buscarem um novo posicionamento estratégico no cenário da atenção à saúde.

A resposta arquitetônica para tal necessidade parte do objetivo de satisfazer os usuários do edifício hospitalar: pacientes, familiares, profissionais da saúde e demais funcionários. Para tanto, busca-se encontrar respostas às expectativas dos clientes no campo técnico-científico da arquitetura hospitalar, alinhando condições específicas do empreendimento aos princípios gerais da boa técnica de projetação arquitetônica.

Em paralelo, o projeto deve ser desenvolvido considerando de perto a viabilidade econômico-financeira do empreendimento e a normativa aplicável a cada caso. Deste modo, o escritório considera como premissa fundamental dos projetos a observância das questões relativas aos custos de implantação e operacionais, bem como as exigências dos organismos reguladores (Ministério da Saúde, ANVISA, COVISA etc.).

Projetos de interiores:

Quanto aos projetos de interiores, o escritório atua de forma especializada em ambientes de atenção à saúde. Em geral, os serviços de design de interiores se dão na continuidade de projetos arquitetônicos contratados ao escritório, o que garante ao cliente um nível adequado de uniformidade no processo de concepção de ambientes. Nesses projetos, o objetivo fundamental do escritório é o de aliar funcionalidade e estética em ambientes destinados direta ou indiretamente ao paciente e demais usuários do edifício hospitalar, com ênfase nos aspectos ligados à psicologia ambiental e às repercussões terapêuticas do espaço edificado.

Consultorias:

O trabalho de consultoria engloba desde a elaboração de programas espaciais e físico-funcionais, até estudos de viabilidade técnico-arquitetônica. Aqui, o objetivo central da atuação do escritório é o de avaliar as condições efetivas de desenvolvimento de projetos para a implantação de serviços de atenção à saúde, observando as características desejadas pelo cliente em termos de perfil do empreendimento, programa funcional e disponibilidade de espaço construído ou a construir. Aplicam-se esses princípios tanto a edificações já existentes quanto a novas edificações.

Planos diretores:

Os planos diretores elaborados pelo escritório têm como objetivo geral o estabelecimento de diretrizes arquitetônicas e funcionais estratégicas para a progressiva adequação de uma dada instituição às demandas e exigências efetivas e potenciais do contexto local e regional de atenção à saúde. Como regra, os planos diretores elaborados pelo escritório prevêem reformas, expansões e reorganizações de ambientes edificados e serviços, com vistas ao atendimento de exigências regulatórias, urbanísticas e técnico-médicas interpostas por organismos públicos (vigilância sanitária, p. ex.) e privados (planos de saúde, p. ex.).

Artigos
Humanização hospitalar: Origem, uso e banalização do termo.
Este artigo tem como objetivo discutir o uso do termo “humanização hospitalar”, buscando compreender de que forma está sendo utilizado na literatura da área, tanto no brasil, como internacionalmente.
›   Leia mais
Ambientes de saúde: O estado da arte da arquitetura hospitalar frente aos desafios contemporâneos.
Os estabelecimentos assistenciais de saúde vêm sofrendo mudanças ao longo do tempo em função de novas tecnologias, políticas e práticas de saúde.
›   Leia mais